domingo, 27 de julho de 2014

Série D: River empata, mas mantém liderança do Grupo 2

Nos acréscimos, Eduardo cobra o pênalti que resultou no gol de empate do River.
Apesar de não conquistar a vitória que a torcida piauiense tanto esperava, empatando com o Clube do Remo na tarde deste domingo (27), por 1 a 1, no Estádio Albertão, em Teresina, o River manteve a liderança do Grupo 2 da Série D do Campeonato Brasileiro. O campeão piauiense foi beneficiado com o empate no outro jogo da rodada, entre Moto Club e Interporto.

Desde o início que o jogo se mostrou dos mais equilibrados. O River não jogou o mesmo futebol desempenhado na estréia, quando venceu em Sobral. E o Remo atuava melhor que no seu primeiro jogo, quando empatou com o Moto em Bragança. O certo e´que a igualdade entre as duas equpes era evidente.


Marabá chegou a ficar livre, diante de Douglas, mas não aproveitou a chance que lhe ocorreu ainda no 1° tempo.
Em sua melhor oportunidade de gol, na primeira fase, Thiago Marabá chegou a ficar frente a frente com o goleiro remista, mas não conseguiu dribá-lo para abrir a contagem. O Remo, por sua vez, respondeu com uma cabeçada de Reis, que tinha endereço certo, mas Cesar Luz fez grande defesa, colocando a bola para escanteio. Aliás, os dois goleiros foram os que mais se destacaram na fase primeira da partida.

Na etapa complementar, o Remo veio bem melhor e chegou a fazer grande pressão contra a meta tricolor. Até que o volante Schmoller acertou um belo chute, no ângulo superior esquerdo de Cesar Luz, abrindo a contagem para o quadro paraense. O River nao cnseguia se encontrar em campo, até que o técnico Josué Teixeira pôs Raylan e Bruno Chocolate.

Outra providencial intervenção do goleiro do Clube do Remo.
A melhor foi pouca, mas o espírito de luta acabou sendo premiado com um toque do zagueiro Raphael Andrade dentro da área. O árbitro potiguar, de atuação ruim, ressalte-se, assinalou a penalidade máxima que Eduardo transformaria no gol de empate já aos 48 minutos do 2° tempo. Final de jogo com o empate de 1 a 1, suficiente para manter o River na liderança do Grupo 2, onde Moto Club e Interporto também empataram (2 a 2) no outro jogo da rodada.

FICHA TÉCNICA

RIVER 1x1 CLUBE DO REMO (Campeonato Brasileiro - Série D - 2ª rodada - Grupo 2); Data: 27/07/2014 (domingo à tarde); Local: Estádio Albertão (em Teresina); Arbitragem: Leandro Saraiva Dantas de Oliveira (Rio Grande do Norte), auxiliado por Renan Aguiar da Costa e Nailton Junior de Sousa Oliveira (ambos do Ceará).

Renda e público: não divulgados.

Gols; Michel Schmoller 28 e Eduardo (pênalti) 48 do 2° tempo.

Cartões amarelos: Cesar Luz (RIV), Ameixa e Alex (REM).

River - Cesar Luz; Índio, Cleber Carioca, Gabriel (Raylan) e Amarildo; Vitor Recife, Thiago Dias, Thiago Marabá (Bruno Chocolate) e Esquerdinha (Tadeu); Eduardo e Fabiano. Técnico: Josué Amaral Teixeira.

Clube do Remo - Maycki Douglas; Ameixa (Ilaílson), Raphael Andrade, Max e Alex Ruan; Michel Schmöller, Dadá, Jhonnatan e Reis (Rubran); Rony (Val Barreto) e Leandro Cearense. Técnico: Roberto Fernandes.

Série D: River defende liderança contra o Clube do Remo

Depois da estréia vitoriosa em Sobral, River tenta manter liderança contra o Remo.
Em seu primeiro compromisso dentro de Teresina, o River defende a liderança do Grupo 2 da Série D do Campeonato Brasileiro, jogando na tarde deste domingo (27), a partir das 16 horas, contra a equipe paraense do Clube do Remo. Depois da vitória na estréia, em Sobral, diante do Guarany, a motivação da torcida piauiense deve refletir num grande público presente às dependências do Estádio Albertão.

Durante a semana, o técnico Josué Teixeira fez questão de manter o equilíbrio emocional da equipe, evitando exageros. Josué elogiou a postura do time diante do Guarany, mas fez questão de destacar o nível do adversário, um dos times mais tradicionais do norte/nordeste. Para enfrentá-lo, deverá manter a mesma formação que venceu o último jogo.

No Clube do Remo, a perda de muitas oportunidades diante do Moto Club resultou no empate dentro de Bragança. Mas o time chegou a Teresina com apenas uma dúvida, no setor de meio de campo. Otimistas, os paraenses esperam recuperar, no Albertão, os pontos que foram perdidos no domingo passado.

River x Remo terá arbitragem do potiguar Leandro Saraiva Dantas de Oliveira, com trabalhos laterais dos assistentes Renan Aguiar da Costa e Nailton Junior de Sousa Oliveira (ambos cearenses). Os preços dos ingressos: R$ 20,00 (arquibancada do placar), R$ 30,00 (arquibancada das cabines de imprensa) e R$ 50,00 (cadeira). Por volta de 9h, as bilheterias do Albertão já estarão funcionando para o torcedor comprar seu ingresso com antecedência.

TIMES PROVÁVEIS
 
River - Cesar Luz; Índio, Cleber Carioca, Gabriel e Amarildo; Vitor Recife, Thiago Dias, Thiago Marabá e Esquerdinha; Eduardo e Fabiano. Técnico: Josué Amaral Teixeira.

Clube do Remo - Maycki Douglas; Ameixa, Raphael Andrade, Max e Alex Ruan; Michel Schmöller, Dadá, Jhonnatan (Robinho) e Reis; Rony e Leandro Cearense. Técnico: Roberto Fernandes.

sábado, 26 de julho de 2014

O River na Copa do Brasil de 2008

Sem Albertão e Lindolfo Monteiro, River e Botafogo tiveram que jogar em Bacabal. (Foto - Vianey Moura)
Nesta temporada, o River volta ao circuito de competições nacionais depois de ficar fora dele por muitos anos. Com o título de campeão piauiense, o Galo está jogando a Série D e já tem participação assegurada na Copa do Brasil e na Copa do Nordeste do próximo ano. Você lembra como foi a última atuação tricolor em competição nacional? 

Foi em 2008 - a Copa do Brasil -, ocasião em que eliminou o Jaguaré, do Espírito Santo, e derrotou o Botafogo, do Rio de Janeiro, mesmo sendo eliminado no jogo de volta, no Rio de Janeiro. Em face de Lindolfo Monteiro e Albertão não apresentarem condições adequadas para palco do futebol profissional, o River teve que atuar em Floriano e Bacabal. Recorde como foram os quatro jogos.

1ª Fase - 1° jogo
27/02/2008 (quarta-feira à noite)
JAGUARÉ 3x2 RIVER 
Local: Estádio Conillon (em Jaguaré - ES); 
Arbitragem: Renato Cardoso da Conceição, auxiliado por Márcio Eustáquio Santiago e Jair Albano Felix (todos de Minas Gerais).
Gols: Jorginho 9 do 1º tempo; Moisés 20, Curiri 35, Moisés 41 e Diogo (pênalti) 51 do 2º.
Cartões amarelos: Vandinho, Ronicley, Yomizio, Diogo (JAG), Lúcio, Fábio, Joãozinho, China, Índio, Diego Marangon e Zezé (RIV).
 Jaguaré - Robinho; Yomizio, Kanu, Ricardo Henrique e Vandinho; Bruno, Rodrigo Paulista (Moisés), Diogo e Ronicley; Paulo Roberto e Pardal (Glauber, depois Dib). Técnico: Giuliano Pariz.
River - Fábio; Jorginho, Índio, Zezé e Joãozinho; Lúcio, Luciano, Diego Marangon e China; Maurício Pantera (Jeimi) e Zezinho (Curiri). Técnico: Luis Carlos Winck.

2° jogo
05/03/2008 (quarta-feira à noite)
RIVER 2x0 JAGUARÉ 
Local: Estádio Tibério Nunes (em Floriano - PI); 
Arbitragem: Wladyerisson Silva Oliveira, auxiliado por Arnaldo Rodrigues de Souza e Marco Antonio da Silva Brígido (todos do Ceará).
Gols: Maurício Pantera 4 e Curiri 44 do 2º tempo.
Cartões amarelos: Luciano, Diego Marangon, Curiri (RIV), Nei, Kanu, Pardal, Ricardo Henrique, Diogo e Yomizio (JAG).
Expulsões: China, aos 26, por chutar o adversário, e Diogo, aos 43, por agarrar o adversário pela camisa, ambos no 2º tempo.
River - Fábio; Cláudio, Índio e Zezé; Jorginho, Luciano, Diego Marangon (Jarbas), China e Joãozinho; Zezinho (Curiri) e Maurício Pantera (Kemerson). Técnico: Luis Carlos Winck.
Jaguaré - Robinho; Yomizio, Kanu, Ricardo Henrique e Vandinho (Dib); Bruno (Rodrigo Paulista), Diogo, Ronicley e Nei (Humberto); Moisés e Pardal. Técnico: Giuliano Pariz.

2ª Fase - 1° jogo
Data: 02/04/2008 (quarta-feira à noite)
RIVER 2x1 BOTAFOGO 
Local: Estádio Correão (em Bacabal - MA); 
Arbitragem:  Cláudio Luciano Júnior (Pernambuco), auxiliado por Aelson Mariano Campelo Gomes e Geraldo de Jesus Pinto dos Santos (maranhenses).
Gols: Alex Mineiro (falta) 16 e Wellington Paulista 25 do 1º tempo; Kemerson 5 do 2º.
Cartões amarelos: Joãozinho, Alex Mineiro, Zezé (RIV) e André Luis (BOT).
River - Fábio; Índio, Alex Mineiro e Zezé; Jorginho, Luciano (Cláudio), Diego Marangon, Kemerson (Lúcio) e Joãozinho; Maurício Pantera (Zezinho) e Curiri. Técnico: Luis Carlos Winck.
Botafogo - Castillo; Alessandro (Índio), Renato Silva, André Luis (Edson) e Triguinho; Diguinho, Túlio, Lúcio Flávio (Marcelinho) e Jorge Henrique; Wellington Paulista e Fábio. Técnico: Cuca.

2° jogo
Data: 09/04/2008 (quarta-feira à noite)
BOTAFOGO 2x0 RIVER 
Local: Estádio Engenhão (Rio de Janeiro - RJ); 
Arbitragem: Elmo Alves Resende Cunha (Goiás), auxiliado por Jesmar Benedito Miranda de Paula (Goiás) e Helberh Costa Andrade (Minas Gerais).
Renda: R$ 183.678,00 com 29.691 pagantes.
Gols: André Luis 22 do 1º tempo; Wellington Paulista (cabeça) 3 do 2º.
Cartões amarelos: Lúcio Flávio, Túlio (BOT), Luciano, Kemerson, Alex Mineiro (RIV).
Botafogo - Castillo; Alessandro, André Luis, Renato Silva e Triguinho (Eduardo); Diguinho, Túlio, Zé Carlos (Fábio) e Lúcio Flávio; Jorge Henrique e Wellington Paulista (Edson). Técnico: Cuca.
River - Fábio; Índio, Alex Mineiro e Zezé; Jorginho, Luciano, Diego Marangon (Lúcio), Kemerson (Jarbas) e Ricardo; Curiri e Maurício Pantera (Zezinho). Técnico: Luis Carlos Winck.

RESUMO

4 jogos
2 vitórias
2 derrotas
6 pontos ganhos
6 gols marcados
6 gols sofridos
saldo 0

ARTILHEIROS

2 gols - Curiri.
1 gol - Jorginho, Maurício Pantera, Alex Mineiro e Kemerson.

JOGADORES UTILIZADOS

4 jogos - Fábio (goleiro), Jorginho, Índio, Zezé, Luciano, Diego Marangon, Maurício Pantera, Zezinho e Curiri.
3 jogos - Joãozinho, Lúcio e Kemerson.
2 jogos - China, Cláudio, Jarbas e Alex Mineiro.
1 jogo - Jeimi e Ricardo.

O cartaz do final de semana



Se você ainda não tem a sua, procure no jornaleiro mais próximo. É grátis. Com direito ao poster do River campeão piauiense de 2014. Avante!

sexta-feira, 25 de julho de 2014

River treina no Albertão. Atacante Chicão não é dúvida

Josué deverá ter Chicão como opção.
Na tarde de hoje (25), o River voltou ao Estádio Albertão para o último treino de preparação para o jogo de domingo. Pela segunda rodada da Série D do Brasileirão, o Galo enfrentará o Remo (PA), às 16 horas. Líder do Grupo A2, o tricolor piauiense está pronto, apesar de apresentar um desfalque no treino de hoje, já que o atacante Júnior Chicão, reserva imediato de Fabiano, foi poupado.

Chicão sentiu o joelho esquerdo no treino da quinta-feira, no CT, e nesta sexta foi poupado da atividade junto com o grupo, que realizou coletivo de apronto. Segundo o Departamento Médico do Clube, o atacante não é problema e já está em tratamento.

O fisioterapeuta do Galo, Thiago Neri, confirmou que Chicão estará no bando tricolor no domingo (27). “Ele está com início de tendinite no joelho esquerdo, já identificamos. Mas isso não é nada que preocupe porque já estamos em tratamento”, explicou. Chicão foi poupado para não correr o risco de algum choque com os demais atletas no coletivo, mas estará à disposição de Josué Teixeira. “Ele não é titular, então não é problema. Estará domingo no banco sim”, afirmou o fisioterapeuta do clube.

Chicão fez uma leve atividade física e depois só acompanhou o grupo, que estava testando o posicionamento para a partida de domingo. Em campo, nesta tarde, Josué Teixeira confirmou o que já havia dito na semana e colocou a mesma formação para treinar: Cézar Luz; Índio, Cleber Carioca, Gabriel e Amrildo; Vítor Recife, Thiago Dias, Thiago Marabá e Esquerdinha; Eduardo e Fabiano.

Foram colocados à venda 25 mil ingressos. Os torcedores podem comprar até sábado os ingressos promocionais no Estádio Lindolfo Monteiro, Estádio Albertão e Lojas Esportiva. No domingo, o ingresso será vendido apenas no Estádio Albertão.O River enfrenta o Remo (PA), às 16 horas, no Albertão.

Fonte: Erica Maciel Paz/ASCOM River

Série D: ingressos para River x Remo já à venda

Thiago Marabá teve boa atuação na vitória tricolor em Sobral. Para vê-lo no domingo, contra o Remo, torcedor já pode adquirir o ingresso com preço promocional na venda antecipada.
Fonte: Erica Maciel Paz/ASCOM River

A partir de hoje (24), o torcedor do River Atlético Clube já vai poder comprar o ingresso para o próximo desafio do Galo na Série D do Brasileirão, que acontece no domingo (27) no Estádio Albertão. A diretoria disponibilizou ingressos promocionais nos três dias que antecedem o dia do jogo a fim de tentar levar o máximo de torcedores para apoiar o Galo em seu segundo desafio na competição.

Os ingressos antecipados serão vendidos nas bilheterias do Estádio Albertão e do Estádio Lindolfo Monteiro, nos turnos manhã e tarde (das 9 às 12 horas e das 14 às 17 horas). Além disso, estarão também disponíveis nas Lojas Esportiva, do Centro e Zona Leste, no horário comercial das lojas.

Comprando a partir de hoje, até sábado, os valores dos ingressos serão: geral por R$ 15,00; arquibancada por R$ 25,00; e cadeiras por R$ 40,00. No dia do jogo (domingo) os ingressos serão vendidos somente na bilheteria do Estádio Albertão, a partir das 8 horas, com os valores já alterados: geral ao valor de R$ 20,00; arquibancada por R$ 30,00; e cadeiras por R$ 50,00.

quarta-feira, 23 de julho de 2014

River já faz história na Série D do Campeonato Brasileiro

Gol tricolor no Junco. Pela primeira vez na Série D, futebol piauiense estréia com vitória.
Com a estréia vitoriosa diante do Guaranyh de Sobral, domingo último, o River já começou a escvrever uma história diferente do futebol piauiense na competição promovida pela CBF. Pela primeira vez, desde que a Série D foi implantada pela entidade nacional, o representante do Piauí estreou com vitória.

Nas outras edições, seja com Flamengo, Comercial ou Parnahyba, nossos representantes, empatamos ou fomos derrotados. O River conseguiu vencer. Vitória que coloca o Galo na liderança, enquanto Moto Club e Remo estão com apenas um ponto conquistado. Confira alguns números do Grupo A2 após sua primeira rodada.

CLASSIFICAÇÃO

1° River, 3 pontos, 1 vitória e 1 gol de saldo
2° Moto e Remo, 1 ponto, nenhuma vitória e saldo 0
4° Guarany, nenhum ponto, nenhuma vitória e saldo -1
Obs.: o Interporto ainda não estreou.

ARTILHEIROS

1 gol - Rodrigo Dantas (Guarany), Fabiano (Moto), Val Barreto (Remo),  Eduardo e Fabiano (River).

GOLEIROS CO MELHOR APROVEITAMENTO
(MÉDIA DE GOLS POR JOGO)

1 gol por jogo - Maycki Douglas (Remo), Ruan (Moto) e Cesar Luz (River) - 1 gol em 1 jogo.
2 gols por jogo - Eliardo (Guarany) - 2 gols em 1 jogo

ESTÁDIOS UTILIZADOS

1 jogo - Junco (em Sobral) e Diogão (em Bragança).

ATAQUES

2 gols - River.
1 gol - Guarany, Moto e Remo.

DEFESAS

1 gol - Moto, Remo e River.
2 gols - Guarany.

PRÓXIMOS JOGOS
 27/07 (domingo)

16h00 - River x Remo
Local: Estádio Albertão (Teresina - PI).
 Árbitro - Leandro Saraiva Dantas de Oliveira (Rio Grande do Norte), auxiliado por Renan Aguiar da Costa e Nailton Junior de Sousa Oliveira (cearenses).
 
17h00 - Moto Club x Interporto
 Local: Estádio Castelão (São Luis - MA)
Árbitro - Caio Max Augusto Vieira (Rio Grande do Norte), auxiliado por Rogério de Oliveira Braga e Thyago Costa Leitao (piauienses).


segunda-feira, 21 de julho de 2014

O ídolo da semana


Morre vice-presidente da Federação de Futebol do Piauí

Alfredo Ferreira Neto: morte aos 60 anos (Foto: Edilson Bonifácio/Diário do Povo).
O advogado Alfredo Ferreira Neto, vice-presidente da Federação de Futebol do Piauí, faleceu neste domingo (20), em decorrência de uma parada cardiorrespiratória, após sentir-se mal quando retornava de viagem, na cidade cearense de Tianguá, próximo a divisa do Ceará com o Piauí.

Alfredo Neto estava em viagem de lazer com a família e já retornava para Teresina. Em Tianguá, começou a passar mal e foi levado a unidade de saúde daquela cidade, oportunidade em que foi ventilada a necessidade de transportá-lo para Sobral. Todavia, não houve tempo para prosseguir o atendimento. Alfredo faleceu ali mesmo.

Aos 60 anos (Teresina-PI, 23/10//1953), Alfredo Ferreira Neto era advogado atuante e, junto ao futebol profissional, trabalhou em vários casos no Tribunal de Justiça Desportiva. Em 2010, fez incansável campanha contra a gestão da FFP, à época dirigida por Lula Ferreira. Um dos vices na chapa de Cesarino Oliveira, foi eleito no pleito de 04/11/2011.

Sobrinho do ex-presidente do Piauí Esporte Clube, Reinaldo Ferreira, ele também foi assessor jurídico do vice-campeão piauiense. O velório acontece no salão da Ordem dos Advogados do Brasil, secção do Piauí, à Rua Governador Tibério Nunes, bairro Cabral.

domingo, 20 de julho de 2014

Série D: Galo estréia com vitória dentro de Sobral

Num jogo difícil, mas onde o campeão piauiense já deu mostras do seu objetivo, o River estreou com pé direito na Série D do Campeonato Brasileiro vencendo na tarde deste domingo (20), no Estádio do Junco, em Sobral, a equipe local do Guarany. A vitória por 2 a 1 já põe o Tricolor como lider do Grupo A2 da competição promovida pela CBF.

A primeira grande oportunidade, de fato, ocorreu por volta de 18 minutos, quando o zagueiro André Nunes subiu sozinho e cabeceou com perigo. O goleiro Cesar Luz já estava vencido, mas a bola saiu pela linha de fundo. Seis minutos mais tarde foi a vez do volante João Neto, ex-River, acertar um chute forte, para difícil defesa de Cesar Luz.

Aos poucos, porém, o Galo foi buscando o primeiro gol e conseguiu numa excelente jogada entre Esquerdinha e Thiago Marabá. A bola chegou até Eduardo que, na saída do goleiro, colocou com tranquilidade, abrindo a contagem para o campeão piauiense.

No retorno do intervalo, o time da casa volta pressionando e Cesar Luz tem que se desdobrar para evitar o gol de empate. Aos 9 minutos, ele fez uma defesa monumental. Aos 15 minutos, o técnico Josué Teixeira coloca Alessandro no posto de Thiago Marabá. Começa a reforçar a marcação diante da pressão do adversário.

Aos 21 minutos, excelente jogada de Eduardo, que serviu Fabiano com ótimo passe. O camisa 9 tricolor não desperdiçou a chance de ampliar para o campeão piauiense. O Guarany nao se dá por vencido e reduz a diferença três minutos depois, através de Rodrigo Dantas.

Com toque de bola e inteligência, o Galo foi segurando a pressão cearense e arrancou os três pontos fora de casa, largando na frente no Grupo A2 da Série D, onde Moto e Remo empataram no outro jogo da rodada.

FICHA TÉCNICA

GUARANY DE SOBRAL 1x2 RIVER (Campeonato Brasileiro - Série D - 1ª fase - 1ª rodada - Grupo A2); Data: 20/07/2014 (domingo à tarde); Local: Estádio do Junco (Sobral - CE); Arbitragem: Clizaldo Di Pace França (Paraíba), auxiliado por Vinicius Melo de Lima e Jean Marcio dos Santos (ambos do Rio Grande do Norte). 

Renda: R$ 17.780,00 com 1.201 pagantes (200 não pagantes).

Público total: 1.401 torcedores.

Gols: Eduardo 30 do 1° tempo; Fabiano 21 e Rodrigo Dantas 24, 

Cartões amarelos: Thiago Marabá, Índio e Cesar Luz (RIV).

Guarany - Eliardo; Cláudio Allax, André Nunes, Júnior Lopes e Sadrack (Tininho); Luciano Totó, João Neto, Douglas e Thiago Santos (Carlinhos); Rodrigo Dantas e Candinho (Marcel). Técnico: Edson Leivinha.

River - Cesar Luz; Índio (Bruno Lopes), Cleber Carioca, Gabriel e Amarildo; Vitor Recife, Thiago Dias, Esquerdinha e Thiago Marabá (Alessandro); Fabiano (Júnior Chicão) e Eduardo. Técnico: Josué Amaral Teixeira.

sábado, 19 de julho de 2014

Série D: River estréia contra o Guarany de Sobral

Depois da fase de preparação, Galo estréia na Copa Piaui contra o Guarany de Sobral.
Depois de ficar seis anos sem jogar uma partida válida por uma competição promovida pela CBF, o River volta a fazê-lo na tarde deste domingo (20), a partir das 16 horas, no Estádio Junco, em Sobral, tendo como adversário a equipe do Guarany local. É a estréia do futebol piauiense na Série D do Campeonato Brasileiro.

Os dois times se reforçaram e estão inclusos, ao lado de Clube do Remo e Moto Club, entre os favoritos às duas vagas para a segunda fase da competição, com o Interporto, de Tocantins, correndo por fora. Com a base que sagrou-se campeã piauiense da temporada, o River está em Sobral na expectativa de, na pior das hipóteses, arrancar um empate dentro do Junco.

O técnico Josué Teixeira definiu a equipe com força máxima, embora o lateral direito Arilson não tenha ganho condição de jogo. O problema referente a sua liberação pelo Ipatinga pode até provocar sua dispensa, com o campeão piauiense tendo que contratar outro jogador para a posição. O presidente Elizeu Aguiar não descarta esta possibilidade.

A arbitragem de Guarany de Sobral x River estará confiada ao paraibano Clizaldo Di Pace França, que contará com o auxílio dos assistentes Vinicius Melo de Lima e Jean Marcio dos Santos, ambos do Rio Grande do Norte.  O retrospecto mais recente entre os dois times é favorável ao Guarany, que venceu em Sobral (2x1) e Teresina (3x1), pela Série C do Campeonato Brasileiro de 2001.

O campeão piauiense deverá entrar em campo com Cesar Luz; Índio, Cleber Carioca, Gabriel e Amarildo; Kassio, Thiago Dias, Thiago Marabá e Esquerdinha; Eduardo e Fabiano. Técnico: Josué Amaral Teixeira.

Sem a Copa, Piaui espera confirmação da segunda vaga

O vice-campeonato de 2014 deve garantir a segunda vaga da Copa do Brasil para o Piauí.
Com o cancelamento da Copa Piauí por parte da FFP, devido a desistência de quatro das seis equipes que estavam qualificadas para dela tomar parte, o presidente do Piauí Esporte Clube, Jacob Júnior, agora espera que a CBF confirme o vice-campeão piauiense como segundo representante do Estado na Copa do Brasil 2015.

Jacob está respaldado no regulamento da própria Copa do Brasil, que prioriza a classificação do certame principal das federações quando não existe uma competição específica para esta escolha. A Copa Piauí seria o caminho natural, como tem acontecido nas ocasiões anteriores, mas a competição teria que ter, pelo menos, quatro participantes. E apenas Flamengo e Piauí manifestaram interesse em disputá-la.

Enquanto o Piauí espera sua confirmação como vice-campeão, o Flamengo corre por fora, com seu atual presidente, José Cardoso, alegando a melhor colocação do clube no ranking dos clubes da CBF. A entidade nacional já está de posse de toda a situação, conforme revelou o presidente da mentora local, Cesarino Oliveira, e deverá se posicionar oportunamente, uma vez que é a promotora da competição.